Existe algo mágico na aura e presença de uma mulher quando ela usa o perfume correto. Ou seja, aquele perfume que mais combina com a sua personalidade e estilo.

Todo mundo sabe que o cheiro natural da mulher atrai e seduz os homens, e vice-versa. Não, eu não estou dizendo que você usa perfumes apenas para conquistar e seduzir, mas pode ser que você também os use para isso.

Sejamos sinceras. Uma das principais razões que nos levam a procurar o perfume perfeito tem muito a ver com o nosso interesse em conquistar e seduzir, ou no mínimo, com o nosso interesse em projetar determinada imagem ou transmitir certas mensagens sobre a nossa personalidade.

Então, é lógico que escolher um perfume que não combine com o nosso cheiro natural (química) ou com a nossa personalidade (psicologia) é um erro. Um erro que, aliás, todas nós cometemos em maior ou menor proporção ao longo da vida.

A boa notícia é que, com o passar do tempo e muitos exercícios de tentativa/erro depois, a gente acaba se conhecendo mais, e consequentemente errando menos.

Com um gosto mais apurado, é possível escolher o perfume certo para usar no trabalho, num jantar romântico ou numa balada, de tal maneira que a gente se sinta bem com esse perfume ao mesmo tempo em que ele encante as pessoas que estão ao nosso redor.

No final, tudo é uma questão de encontrar o perfume ideal para você em cada momento e ocasião, e preferentemente sem incomodar ou disturbar os demais. Não existe fórmula para isso e infelizmente encontrar o perfume certo (ou os perfumes certos) não é tarefa fácil.

Tanto é assim que muitas mulheres, quando descobrem um grande perfume, criam uma fixação freudiana por ele e perdem até o interesse de experimentar outras fragrâncias e fazer novas descobertas. Não sei onde li que 90% das mulheres são extremamente fiéis a um ou dois perfumes ao longo da vida.

Tá, eu não vou negar que no fundo é uma tática legal para evitar correr riscos. Quem é desse time joga direitinho, fato. Mas convenhamos que sair da zona de conforto pode ser um exercício muito divertido e que no fundo é bem legal ampliar o nosso repertório olfativo.

Também já li por aí que as mulheres têm maior sensibilidade olfativa que os homens, ou seja, nós podemos distinguir um maior número de notas de uma fragrância. Nota mental: eu leio muitas coisas, tudo bem, mas agora que tenho um blog vou ter que começar a anotar as fontes, né?

Esse pequeno fato científico faz que nós sejamos o primeiro público consumidor de perfumes e que a indústria nos proporcione muitas novidades suculentas ao longo do ano.

Em outro post vamos falar dos tipos de perfumes e conceitos básicos de perfumaria com uma linguagem mais acessível sem aquele tom de pedância que a gente vê em alguns blogs por aí, claro.

Mas agora vamos focar nas dicas para tirar o maior proveito dos perfumes femininos que o maravilhoso mercado capitalista tem a nos oferecer:

dicas como aplicar perfumes femininos

  • Perfumes são altamente pessoais
    A mesma fragrância pode ter resultados completamente diferentes em pessoas diferentes. Ou seja, não é só porque aquele perfume fica maravilhoso na sua amiga que ele vai combinar com você.
  • Testando perfumes
    Na hora de testar um perfume novo, tanto na sua pele como numa daquelas tirinhas de papel (test strip), espere no mínimo 10 minutos para você começar a conhecer as notas médias (ou notas de coração). Se puder esperar mais tempo, melhor. Se puder usar primeiro uma amostra para ver como o perfume se comporta na sua pele durante umas 6 horas, melhor ainda.
  • Vá com calma na hora de experimentar
    Tente não experimentar mais de 3 perfumes em cada visita à sua perfumaria favorita. Assim você evita que os seus sentidos entrem em colapso ou inclusive aquela dor de cabeça indesejada. Cheirar alguns grãos de café tostados ajudam a limpar o seu olfato. Eu sempre tenho uns grãos na bolsa, é sucesso garantido.
  • Onde aplicar o perfume?
    Quanto às regiões onde aplicar perfumes, sinto muito, mas sou altamente conservadora. Aplico nos pulsos, atrás das orelhas e, no máximo, na nuca. Algumas mulheres também aplicam no antebraço, atrás dos joelhos, no decote ou nas partes íntimas (aliás, muito cuidado com isso!), mas eu não sou adepta dessas práticas mais radicais.
  • Reaplique o perfume
    Sim, abra a mente para o poder e necessidade das reaplicações. Ultimamente as pessoas ficam muito obcecadas com a duração do perfume na pele, longevidade, coisa e tal, mas desde que o mundo é mundo as pessoas reaplicam o perfume várias vezes ao dia. Nós temos sorte de que com os avanços da perfumaria só precisamos reaplicar em média a cada ou 6 horas. E vamos combinar que os frascos de bolsa são tão charmosos!
  • To layering or not to layering?
    Layering é a técnica de aplicar o perfume “em camadas”. Um layering perfeito seria assim: você toma banho com o sabonete líquido Euphoria por exemplo, aplica o hidratante Euphoria e depois usa o perfume Euphoria. Em outras palavras, você combina o mesmo aroma em diferentes texturas e potencializa o efeito final em termos de projeção e de longevidade. Particularmente, não sou muito adepta da técnica. Primeiro porque me dá preguiça. Segundo porque não costumo comprar os famosos lotes ou estojos de perfumes, compro mais os frascos soltos mesmo. Mas confesso que faço layering quando vou a casamentos, por exemplo, ou a baladas.

E você? Alguma dica especial para a aplicação de perfumes femininos?

Anúncios